sábado, maio 10, 2008

Deus cura amputados!

Tem corrido uma ideia já bastante expressa na internet que diz o seguinte:

Se Jesus disse que aquilo que pedisse-mos em oração se tivéssemos fé o receberíamos, e alguém pedir alguma coisa a Deus, em especial se um perneta pedir uma perna e isso não acontecer, então Deus não existe.
Quero então tecer algumas considerações para realmente clarificar algumas mentes.
Para os ateus, quando Deus faz um milagre, isso de certeza que não é evidência para a existência de Deus, porém quando não faz é de certeza evidência para a sua inexistência, não podemos jogar um dia o jogo com umas regras e depois com outras, ou tratamos dessas evidências ou não tratamos, dos casos em que aconteceu e dos que não aconteceu, isto sim é ser investigador, bem sei que o medo que o Cristianismo seja verdadeiro paira sobre muitas cabeças e quanto mais o puderem tentar aniquilar sem o conhecer tanto melhor.  Porém meus colegas isto não é ser coerente.

Primeiramente Deus não faz tudo o que pedimos, os evangelhos são livros que valem pelo seu todo, Jesus vale por tudo o que disse e não pela parcialidade, ele explicitou algumas excepções na Bíblia e explicou para que serviam os milagres. Milagres não é para show!  Milagres são o selo de Deus para a sua mensagem. Deus não polvilha milagres para a terra, fá-los com sentido e glorifica-se com isso. Apenas os que se ligarem com ele receberam resposta, Deus é Mestre e não criado.  Depois esta resposta será subordinada à vontade de Deus, Deus não vai fazer que o chocolate tenha tantas vitaminas como os espinafres como uma vez pediu certa criança.

Depois Deus cura amputados, sim senhores ateus, lembro Malco que levou com uma espada na orelha, Jesus curou-o. Relatos recentes (relativamente) vejam o livro E Houve Milagres de Charles Price não relata a cura de nenhum amputado mas relata a cura segundo me lembro pelo menos a reconstrução de uma bacia completamente destruída e a restauração de um pé não desenvolvido a uma criança. Existem inúmeros relatos mas fico-me por aqueles que podem ter mais fiabilidade de alguma maneira.

E se Deus não responder? Bem, a primeira coisa que temos de compreender é que Deus veio salvar a nossa alma e não o nosso corpo, a cura pode acontecer mas terá sempre um significado muito próprio e sempre a alma é o que tem mais valor. Vivemos num mundo decaído temos de sofrer as consequências da queda. 

Não quero abordar o tema da cura Divina  de uma forma directa, aquilo que quero é dizer aos ateus (de uma forma amorosa, para que se reconciliem) que mais um dos seus argumentos morreu, como todos os outros irão morrer pelo menos um dia diante de Cristo.

3 comentários:

Tito disse...

Querido irmão. Este texto foi lido por mim no dia certo.

Ghernandes disse...

DBusquemos a Deus por por que Ele é, e não pelo o que pode nos dar.

Deus abençoe
http://www.thepescador.blogspot.com

Marcos Sabino disse...

"a primeira coisa que temos de compreender é que Deus veio salvar a nossa alma e não o nosso corpo, a cura pode acontecer mas terá sempre um significado muito próprio e sempre a alma é o que tem mais valor."

E isto não é só conversa fiada. O proprio Jesus mostrou isto.

Veja-se em Mateus 9, o episodio dos 4 amigos que levaram o amigo paralitico a Jesus. O que foi que Jesus disse ao paralitico?

"Perdoados são os teus pecados. Levanta-te e anda".

Primeiro a cura espiritual, depois a física.